Brasil e Chile concluem três capítulos de novo acordo de livre comércio

15 Agosto 2018

Com o propósito de concluir prontamente as negociações para um tratado de livre comércio entre Brasil e Chile, as equipes negociadoras dos dois países reuniram-se, de 7 a 10 de agosto, em Santiago (Chile) para uma segunda rodada de negociações comerciais. As equipes negociadoras concluíram os capítulos sobre política de concorrência; boas práticas de regulação; micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) e empreendedorismo.

 

As reuniões foram presididas no Chile por Rodrigo Yáñez e Felipe Lopeandía, respectivamente, o diretor-geral da Divisão de Relações Econômicas Internacionais (DIRECON) e o diretor de Assuntos Econômicos Bilaterais do Ministério de Relações Exteriores do Chile. Pelo lado do Brasil, a delegação foi liderada por Carlos Duarte, embaixador do Brasil no Chile, e Michel Arslanian, diretor do Departamento de Integração Econômica Regional do Ministério das Relações Exteriores.

 

O Brasil é o principal parceiro comercial do Chile na América Latina e o maior beneficiário do investimento estrangeiro direto chileno. Entre 2003 e 2017, o comércio bilateral cresceu a uma taxa média de 10,4% ao ano. Seguindo essa tendência de crescimento, o intercâmbio comercial entre Brasil e Chile foi de US $ 9,02 bilhões em 2017 – montante 17% superior em relação a 2016. Cabe destacar, ainda, a importância das pequenas e médias empresas nesse fluxo comercial: 10% das 3.578 exportadoras desse porte no Chile registraram embarques para o Brasil em 2017.

 

Segundo comunicado de imprensa publicado pelas autoridades chilenas, os avanços substantivos logrados pela segunda rodada de negociações vão além da conclusão de três capítulos do acordo. O informe também reforça o compromisso dos presidentes Michel Temer e Sebastián Piñera para concluir o acordo ainda neste ano. A expectativa dos dois países é que o novo tratado agregue valor ao Acordo de Complementação Econômica No. 35 (ACE 35), em vigor desde 1996 entre o Chile e o Mercado Comum do Sul (Mercosul).

 

A primeira rodada de negociações foi realizada entre 6 e 8 de junho em Brasília (ver Boletim de Notícias Pontes). As autoridades de ambos os países programam uma terceira rodada entre 12 e 14 de setembro, novamente em Brasília.

 

Reportagem ICTSD

 

Fontes consultadas:

 

América Economía. Chile anuncia en negociación de TLC con Brasil. (11/08/2018). Acesso em: 13/08/2018.

 

Direcon. En segunda ronda de negociaciones: Chile y Brasil logran un sustantivo avance en el Acuerdo de Libre Comercio. (10/08/2018). Acesso em: 13/08/2018.

13 Agosto 2018
Em um cenário internacional em que o Brasil enfrenta uma série de obstáculos ao comércio exterior, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) lançou, em 6 de agosto, a Coalizão Empresarial para...
Share: 
19 Agosto 2018
A continuidade nas tensões comerciais entre Estados Unidos e China tem afetado o mercado mundial de alimentos, em especial o cultivo de soja. Nesse contexto, empresas chinesas e brasileiras têm...
Share: