G20 inicia sua agenda de trabalho em economia digital

14 Fevereiro 2018

Em 8 e 9 de fevereiro, ocorreu em Buenos Aires (Argentina) o primeiro encontro da Força-Tarefa para a Iniciativa de Cooperação e Desenvolvimento em Economia Digital do G20. Criada durante a Presidência da Alemanha, em 2017, a referida Força-Tarefa coloca o tema entre as 11 principais áreas temáticas com que lida o Grupo. Ademais, a digitalização da economia global está diretamente alinhada com as discussões sobre o futuro do trabalho – uma das três prioridades da atual Presidência do G20, exercida pela Argentina.

 

Na abertura do encontro realizado em Buenos Aires, o ministro da Modernização da Nação da Argentina, Andrés Ibarra, expressou que as respostas políticas aos novos desafios devem assegurar que a adaptação às mudanças tecnológicas seja inclusiva e gere melhores oportunidades de emprego. Além disso, manifestou que é preciso garantir um maior desenvolvimento dos países. Por sua vez, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação Produtiva da Argentina, Lino Barañao, expressou a necessidade de derrubar estereótipos e fomentar uma maior participação das mulheres na ciência e tecnologia. Para ele, a economia do conhecimento é a melhor ferramenta para alcançar a equidade social.

 

A importância do comércio eletrônico para o desenvolvimento também tem sido destacada no âmbito da Organização Mundial do Comércio (OMC). Com efeito, a Declaração resultante da Conferência Ministerial de Buenos Aires ressalta as oportunidades que podem ser geradas a partir do comércio eletrônico para um desenvolvimento inclusivo. O documento informa sobre o início de trabalhos exploratórios na Organização, com a possibilidade de que o tema seja incorporado à agenda de negociações no futuro. A primeira reunião sobre o tema no âmbito da OMC está prevista para o primeiro trimestre de 2018.

 

De modo similar, a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) identifica na economia digital um potente motor de inovação, crescimento e prosperidade social. Desde 2016, a OCDE tem trabalhado em um projeto chamado “Going Digital”,cujo objetivo é fornecer aos formuladores de políticas públicas ferramentas essenciais para auxiliar economias e sociedades a prosperar em um mundo cada vez mais digital.

 

Diante desse panorama, os membros do G20 continuam trabalhando em uma agenda comum para a economia digital, tomando como base as preocupações manifestadas pela Presidência argentina no fórum sobre o futuro do trabalho. Um segundo encontro da Força-Tarefa para a economia digital está previsto para 21 e 22 de agosto próximo. Esse encontro será a preparação final para a Reunião Ministerial sobre o tema, a ser realizada em 23 e 24 de agosto de 2018, na Província de Salta (Argentina).

 

Principal fórum internacional para a cooperação econômica, financeira e política no mundo, o G20 reúne a União Europeia (UE) e mais 19 membros considerados os principais países industrializados e emergentes do mundo.

 

Reportagem ICTSD

 

Fontes consultadas:

 

El Cronista. Analizan la inclusión en la economía digital. (09/02/2018). Acesso em: 13/02/2018.

 

G20. Comienza diálogo sobre Economía Digital en el G20. (08/02/2018). Acesso em: 12/02/2018.

 

Infobae. G20: Comenzó el debate sobre economía digital. (09/02/2018). Acesso em: 13/02/2018.

9 Fevereiro 2018
Os países que integram a Aliança do Pacífico (Chile, Colômbia, México e Peru) finalizaram, em 2 de fevereiro, a segunda rodada de negociações em Gold Coast (Austrália), com o objetivo de dar...
Share: 
19 Fevereiro 2018
Em meio às incertezas quanto ao desfecho da renegociação do Tratado de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA, sigla em inglês), a indústria automotiva do México tem pressionado o governo deste...
Share: